> Em destaque!  > O Falcão Maltês de Dashiell Hammett

O Falcão Maltês de Dashiell Hammett

Neste artigo falarei sobre o romance O Falcão Maltês, que o escritor estadunidense Dashiell Hammett (1894-1961) lançou em 1930. A obra é considerada um dos clássicos da literatura policial Hard Boiled.

Antes de se dedicar à literatura, Hammett trabalhou em diversos empregos, inclusive como detetive. No início da carreira suas histórias foram publicadas em revistas baratas e populares, as pulp fictions, tais como a Black Mask e a Smart Set. As suas histórias, marcadas pelas novas características que contribuiriam para a renovação do romance policial – o que se chamou de romance Hard Boiled e mais à frente de Noir –, conquistaram a crítica e o público.

Hammett escreveu outros livros de sucesso, como Seara VermelhaA chave de vidro, Mulher no escuro Continental OP, além de inúmeros contos. Ele também trabalhou como roteirista em Hollywood. Dono de uma escrita concisa, as palavras vão se sucedendo e revelando os personagens e as suas intenções. Não há floreios ou poesia, só a crueza da proza a serviço da história.

As novas tramas trazidas pelas pulp fictions se ajustavam à realidade estadunidense da época. A Lei Seca, que vigorou entre 1920 e 1933, proibia a fabricação, o transporte e a venda de bebidas alcoólicas. Entretanto, ao invés de erradicar o consumo de bebidas, a lei teve como efeito colateral o surgimento do crime organizado, que controlou essa atividade ilegal com mão de ferro.

A máfia se espalhou por dezenas de cidades e entraram para o cotidiano e para o imaginário dos contemporâneos. Os romances Hard Boiled, como toda literatura, eram o reflexo da sociedade da época.

O romance O Falcão Maltês teve boa recepção entre os leitores e foi adaptado com sucesso para o cinema em 1941. Coube a Humprhrey Bogart interpretar o papel do protagonista, o detetive particular Sam Spade.

Apesar de ter aparecido em poucas histórias de Hammett, Sam Spade é um dos grandes personagens da literatura policial. Frio, durão, avesso às formalidades da lei, ele encarnou o novo tipo de detetive da ficção policial, tendo influenciado dezenas de autores do gênero.

A história se passa na cidade de São Francisco, na Califórnia, no começo da década de 1930. Neste romance, ao contrário de muitos outros do gênero, a cidade em si não é explorada enquanto personagem. Apesar de o Hard Boiled ser uma contraposição estética à ficção policial de enigma, ainda é possível ver aqui a narrativa centrada mais na ação dos personagens do que no ambiente em que vivem.

O detetive Sam Spade é contratado por uma linda e misteriosa mulher – aqui entra em cena uma das figuras mais caras à literatura Hard Boiled e Noir: a femme fatale – para achar a sua irmã. Entretanto, o que parecia um simples caso, se complica com o assassinato do seu sócio, Miles Archer. Em seguida, o homem que Spade vigiaria para tentar encontrar a moça desaparecida também é assassinado. A polícia toma o detetive como o principal suspeito das duas mortes.

A cada virada de página a trama se mostra um emaranhado de intrigas, novos personagens aparecem e com eles algumas máscaras vão caindo. Emerge aqui outra grande característica dos romances policiais: os plot twists, as reviravoltas do enredo. O autor, que se utiliza do narrador observador, te guia por caminhos que se revelam um intrincado labirinto. E o que deveria ser apenas a busca de uma moça se torna a busca por uma valiosa estatueta – o Falcão Maltês que dá nome ao romance.

A estatueta misteriosa é, na verdade, um tesouro antigo que viajou bastante e correu muitos riscos até cair nas mãos de contrabandistas profissionais. Mas a história não para por aí, dentro dela vemos uma segunda trama, pois Spade é procurado pelos policiais como principal suspeito de duas mortes e se vê obrigado a provar a sua inocência.

A trama vai se tornando uma espiral de complexidade na medida em que o detetive descobre as intenções reais das pessoas interessadas na estatueta. O próprio Spade, intrigado, desconfia de todos, astuto, tenta tirar proveito da situação e ganhar um punhado de dólares no processo. E claro, se livrar da acusação de assassinato.

Diferente das narrativas do romance de enigma, aqui a situação de normalidade não é reestabelecida no final. O problema, que naquela modalidade se resolve, nesta nem sempre encontra a sua solução. No mundo do Hard Boiled o caos é a normalidade.

No Comments

Leave a reply