Não deixe a magia morrer.

Não deixe a magia morrer.

 

Inspire, respire…

“Até a meia noite!” Ele parece dizer.

Cada batida do relógio nos lembra de que estamos a um minuto mais próximos do final do feitiço.

O feitiço que mantém a magia, que nos faz permanecer conectados àquele mundo mágico.

Algo errado na contagem regressiva?

Por que até a meia noite? Por que isso tem que acabar quando as doze, o relógio marcar?

Se quem mantém a magia viva sou eu, e você e ele?

Cada passo dado numa rotina incessante.

Cada momento de dias que vêm e vão.

Aí percebemos, mesmo em meio a muitos olhares perdidos, alguns olhares com o brilho das estrelas, do fogo e do sol.

Os olhos dos que sonham, dos que não estão conectados apenas ao real.

São poucos e muitos. Mas eles estão sempre lá.

Eles, nós, eu.

Criando mundos, criando histórias e criando fantasia.

Recriando a magia, dia após dia.

Uma nova linha escrita gera uma onda de magia.

Muitos não podem vê-la, pois não acreditam. Mas os números dos que a encontram dia após dia crescem graças aos que estão dispostos a mostrar isso ao mundo.

Os criadores de magia.

Letras, palavras, frases e versos, contos e livros.

Escritores, os encantadores de mentes que desencadeiam as mais inimagináveis emoções em nós.

Graças à dedicação e ao amor dessas pessoas, que nós podemos conhecer a verdadeira magia.

Ela está dentro de cada mente que lê.

 

A todos os autores do mundo,

Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *