> Em destaque!  > Entrevista com a escritora Soraya Abuchaim

Entrevista com a escritora Soraya Abuchaim

Olá amigos, como vão?

Que tal acompanhar uma entrevista super bacana com a autora de Até eu te possuir?

Venha conhecer um pouco mais sobre nossa escritora convidada.

 

 

Por, Perla de Castro

16386sk1466211290gPerla de Castro – Quando a escrita entrou em sua vida?

Soraya Abuchaim – A escrita entrou na minha vida quando eu descobri que poderia colocar no papel tudo o que vinha na minha cabeça. Isso antes de eu me achar capaz de escrever um livro. Eu era adolescente ainda, e a vontade de escrever começou a tomar conta. A princípio, eram mais desabafos, mas comecei depois a criar personagens e histórias, e passei a escrever contos e crônicas. Era uma sensação maravilhosa! Ainda é, na verdade. Quando sento para escrever é como se eu vivesse outro mundo, como se tudo mudasse de lugar.

Perla de Castro – Quando decidiu que era hora de escrever um livro?

Soraya Abuchaim – Na verdade a resposta é até um pouco engraçada: eu descobri quando um dos meus contos ficou longo demais (risos).

Eu tinha o sonho de ser escritora, mas não fazia ideia por onde começar. Estava escrevendo um conto que eu pretendia mandar para uma antologia, e quando percebi, a história foi crescendo e eu me empolguei. Fui criando minha própria técnica (com ajuda de escritores já conceituados), e a o livro foi ganhando forma.

Perla de Castro – De onde tira inspiração para escrever?

Soraya Abuchaim – Eu não faço ideia (risos). A inspiração simplesmente vem, um pensamento, um sonho, uma conversa. Hoje em dia, tudo vira história. Tenho assunto para uns cinquenta livros, pelo menos. Como escrevo suspense, me sinto muito inspirada por filmes e séries desse gênero. Também assisto bastante Discovery ID. É um laboratório do crime (risos).

Perla de Castro – Quais suas influências literárias?

Soraya Abuchaim – Em primeiro lugar, Stephen King. Ele reina quase absoluto nas minhas influências, é meu mestre e meu muso, mas também gosto de Elizabeth Haynes, Liza Klaussmann, Mary Higgins Clark, Gillian Flynn, Jane Austen, entre muitos outros.

Perla de Castro – De onde surgiu a ideia para seu livro, Até eu te possuir?

Soraya Abuchaim – Como falei, era para ser um conto, mas a ideia foi crescendo muito. Eu comecei a criar a história e submeti minha irmã e uma das minhas amigas a um brainstorming, e as ideias floriram. Mas não foi nada específico, geralmente minhas ideias começam com um detalhe, e crescem muito mais do que eu imaginaria. Tanto que eu não tinha final até quase chegar às últimas páginas desse livro.

Perla de Castro  – Como funcionou seu processo de escrita do livro? Em quanto tempo conseguiu concluí-lo?

ESoraya Abuchaim – Eu simplesmente fui escrevendo. Talvez eu tivesse sofrido menos se houvesse feito algum roteiro, mas foi de cabeça, mesmo com as alternâncias entre passado e presente. Eu o concluí em oito meses (a primeira parte). Depois mais alguns meses para reler e aparar as arestas. Na realidade, a parte mais fácil de publicar um livro é escrevê-lo (risos).

Perla de Castro – Conte-nos um pouco sobre como foi sua experiência na Bienal do Livro de São Paulo.

Soraya AbuchaimA minha experiência na Bienal foi mágica. Estar ali como autora foi um sonho que eu nunca pensei que fosse realizar. Conheci outros escritores que admiro, falei com leitores e mostrei meu trabalho em uma das feiras que mais amo. Eu estava tão nervosa que nem dormi no dia anterior, mas fui me acalmando quando percebi que não era nenhum bicho de sete cabeças. Lá, pude conhecer um pouco mais sobre meu público, e isso também está sendo essencial para o meu direcionamento de marketing. Acho que foi uma excelente porta de entrada no mundo literário.

Perla de Castro  – Qual conselho daria para os escritores que ainda não tiraram seus originais das gavetas?

Soraya Abuchaim – Meu conselho é para que eles abram a gaveta e mostrem ao mundo seu talento. Nosso trabalho não é tão ruim quanto a gente pensa. Temos a mania (pelo menos eu tenho) de não confiar no que escrevemos, mas quando as pessoas entram em contato com nosso mundo, com nossas ideias, percebemos que há público para todos os gostos. Hoje em dia temos a vantagem de poder publicar de várias formas, então basta criar coragem e ir em frente. O resultado é mágico.

Perla de Castro – Novos projetos? Podemos esperar outra maravilha de livro vindo por aí?

Soraya Abuchaim – Sim!!! Estou terminando o segundo livro, um suspense que se passa em uma vila do final do século XIX (tem até o booktrailer dele no meu canal do Youtube) e já comecei um terceiro, mas esse ainda é segredo (pelo menos até eu terminar A vila dos pecados).

Perla de Castro  – Deixe uma mensagem para nossos queridos leitores .

Soraya Abuchaim – Um escritor não existe sem leitores, então, cada um de vocês tem um espaço no meu coração. Obrigada pelo apoio, pelo carinho, e por terem lido a entrevista até aqui. Se você chegou até a pergunta final, já ganhei meu dia <3

13161370_1050313791715525_1927504181_o

Sinopse : Johanna Dorne é uma mulher que perdeu todas as pessoas que amou. As tragédias de sua vida começaram com um acontecimento marcante quando ela tinha 13 anos.
Três décadas depois, ela se transformou em uma mulher solitária, confusa e inclinada à autocomiseração, que não consegue manter contato social com ninguém. Até conhecer Michel Brum, um homem charmoso e misterioso que a resgata de sua vida patética, devolvendo-lhe a felicidade há tanto tempo perdida. Só que Michel acaba mostrando que não é tão perfeito assim, e um segredo mortal jogará Johanna novamente em um abismo.

Informações sobre o livro: 

  • Páginas: 284
  • Edição: 1
  • Ano de Publicação: 2016
  • Medidas: 14×21
  • Autora: Soraya Abuchaim
  • Gênero: Suspense

Onde comprar

Loja Ella

Casas Bahia

Livraria Cultura

PontoFrio

Extra

No Comments

Leave a reply