Bienal: Parte 1 – Preparativos

E o grande evento está chegando! Ansiedade batendo forte, junto com nervosismo e uma pitada de medo porque somos humanos. A XVIII Bienal do Livro do Rio de Janeiro se aproxima e, junto com ela, farei alguns posts específicos sobre o tema. No artigo de hoje, vamos falar um pouco sobre como se preparar para a Bienal, aliás como chegar lá!
Se você é um autor que tem uma editora, essa parte inicial não vai ser muito necessária, visto que a própria editora te dará os meios para que você exponha, faça sua sessão de autógrafos e tudo mais, mas para quem é independente é um pouco mais difícil. O texto vai ser separado em partes para uma melhor compreensão, vamos lá?

Participando da Bienal:
Autores independentes como eu têm duas opções para conseguir um espacinho para exposição: alugar diretamente com a Bienal (prepare o bolso, pois é um valor um pouco alto) ou procurar alguma editora que faça parcerias com autores independentes. Se você planeja participar da de São Paulo ano que vem, comece a ver isso a partir de fevereiro ou março, analise bem as propostas disponíveis e tenha um tempo maior para pagar.

2) Divulgando sua participação:
Tarefa árdua como sempre, porém é preciso que as pessoas saibam que você vai estar lá, então divulgue bastante nas redes sociais, faça parceria com blogs e youtubers para divulgar nos canais deles, convide amigos, faça um evento no facebook, ande com marcadores na mochila e fale até com o caixa do supermercado: o importante é divulgar, você não vai se tornar conhecido se você não se esforçar.

3) Brindes:
Todo mundo adora ganhar presentes, então investir em brindes é uma boa opção. Você não precisa dar uma caneca para cada leitor, mas sorteie uma, distribua coisas baratinhas, mas legais como marcadores, bottons e chaveiros (aliás esses dois últimos são propagandas grátis para você, pois o leitor vai andar com eles por aí e pode atrair novos leitores).

4) Não tenha medo de pagar mico:
Durante a Bienal, haverá muitos outros autores como você, por isso vai ser necessário puxar assunto com leitores para chamar eles para si. Não tenha vergonha, fale mesmo! É importante criar laços.

5) Prestigie outros autores amigos:
Não deixe de ir nas sessões de outros autores, é importante valorizar a escrita nacional contemporânea e assim como você, eles também vão adorar ter mais leitores em suas sessões de autógrafo.

6) Avise em suas redes sociais que você está na Bienal:
Às vezes um amigo ou conhecido está por lá e nem sabia que você estava expondo, aproveite a oportunidade e mostre ao seu círculo de amizades quando você estará nesta incrível feira.

7) Aproveite muito!
É um trabalho sim, mas também deve ser fonte de alegria, portanto, deixe um pouco o nervosismo de lado, beba um chá de camomila ou um suco de maracujá e aproveite o contato com seus amigos e leitores.

Boa Bienal para todos nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *